“in: MAGAZINE IMOBILIÁRIO”

A incubadora ERGOSTART procura ideias inovadoras para o desenvolvimento de novos produtos cujo processo produtivo seja a injecção de polímeros.

Os participantes devem ser capazes de executar um projecto de carácter visionário com manifesto potencial, incentivando a industrialização e comercialização dos produtos apresentados. São elegíveis ideias de produtos para qualquer sector, desde uso doméstico, organizacional ou industrial.

Com o apoio da ERGOSTART o empreendedor terá acesso a capital disponibilizado pela empresa parceira NAUTILUS, S.A., pertencente a um fundo de investimento de um milhão de euros e a um espaço de coworking, para o desenvolvimento dos projectos e criação de protótipos. A incubadora permitirá que o candidato seleccionado usufrua da capacidade produtiva da empresa, bem como de um programa de tutoria com profissionais especializados.

Sem qualquer burocracia o CEO da ERGOSTART disponibiliza-se para reunir pessoalmente com os empreendedores e assim avaliar as potencialidades da ideia. O objectivo é que o produto proposto possa ser produzido e comercializado. O autor da ideia tem a possibilidade de escolher a forma de contratualização e remuneração.

A ERGOSTART está a iniciar um roadshow de apresentação em escolas de ensino superior por todo o País na procura de talentos que possam cumprir os requisitos estabelecidos.

Podem concorrer indivíduos ou grupos, acima de 18 anos de idade, e ainda pessoas colectivas constituídas há menos de um ano, que pretendam desenvolver projectos e ideias que ainda não entraram na fase de exploração comercial.

O processo de admissão passa pela apresentação da ideia pelo candidato, ao CEO da ERGOSTART, Vítor Barbosa.

A ERGOSTART nasceu em 2015 com o propósito de estimular o espírito de iniciativa e empreendedorismo no meio académico e empresarial. A incubadora localiza-se nas instalações da empresa parceira NAUTILUS, em Castelo de Paiva, onde está instalada a unidade industrial dedicada à injecção de polímeros. A NAUTILUS proporciona ainda acesso aos seus recursos materiais, como matérias-primas, máquinas e outros.

http://www.magazineimobiliario.com/index.php/construcao/3491-desafio-criar-produtos-inovadores